O ombro é uma articulação complexa, que combina várias articulações, tendões e músculos que permitem a sua ampla mobilidade, viabilizando gestos como alcançar as costas ou lançamentos.

Mas esta mobilidade e capacidade intrínseca traz as suas desvantagens, tornando o ombro uma articulação particularmente vulnerável a lesões ósseas ou de tecidos moles, podendo ser causadoras de dor grave. A dor pode ser temporária ou crónica e interferir de forma significativa com as atividades de vida diária e o sono. Nesse sentido é importante definir bem os sintomas e identificar a fonte de dor.

O GO baseia os diagnósticos na história clínica e exame físico extenso e cuidadoso. Os exames complementares de diagnóstico incluem a radiografia anteroposterior e lateral como protocolo na primeira consulta, podendo ser depois solicitadas a ecografia, ressonância magnética (RMN), artro-RMN ou tomografia computadorizada, de acordo com a suspeição clínica.

As doenças que o GO aborda incluem:

  • No ombro
    • Tendinites, bursites e sinovite
    • Capsulite adesiva ou ombro congelado
    • Síndrome do conflito subacromial e roturas da coifa dos rotadores
    • Instabilidades do ombro e lesões labrais
    • Patologia degenerativa glenoumeral e acromioclavicular
    • Artropatia da coifa dos rotadores
    • Fraturas e luxações da clavícula, úmero e escápula
  • No cotovelo
    • Bursites e tendinopatias (“cotovelos de tenista e golfista”)
    • Síndrome do túnel ulnar
    • Osteocondrite dissecante
    • Patologia degenerativa do cotovelo
    • Rotura do tendão distal do bicípite
    • Fraturas e luxações do cotovelo