Artroscopia – em que consiste?

A artroscopia é uma abordagem cirúrgica que, pelo uso de uma câmara e instrumentos finos, permite ao cirurgião desempenhar técnicas terapêuticas através de pequenas incisões (com cerca de 1cm), em oposição às longas incisões da cirurgia aberta convencional.

O artroscópio é uma câmara concebida para “olhar” para dentro da articulação ou outro espaço nas estruturas articulares, incorporada um tubo metálico mais fino do que um lápis, associada a um cabo de fibra óptica e com um funcionamento semelhante a um microscópio ou telescópio. O artroscópio tem uma câmara que permite visualizar as estruturas anatómicas e realizar os procedimentos pretendidos, como se de um videojogo se tratasse. Para esse efeito existem muitos instrumentos pequenos e adaptados, com vista a remover tecidos degenerados ou rotos, regularizar esporões ósseos e introduzir soro ou vácuo no espaço de trabalho por forma a viabilizar esses procedimentos. Para a reparação de ligamentos e tendões estão disponíveis âncoras que permitem a sua fixação ao osso através de fios de sutura.

A vantagem da artroscopia sobre a abordagem cirúrgica aberta é o tempo de recuperação e reabilitação mais rápidos.

voltar